Como se tornar um enfermeiro

Está em incerteza sobre qual atividade seguir? Gosta de indivíduos, pode trabalhar bem em equipe, possui capacidade de compreensão emocional e estética e assiduidade? Que análogo permitir uma olhadinha em nosso formulário sobre a trajetória de Enfermagem?

O enfermeiro se dedica a produzir, preservar e reformar a saúde das indivíduos, em sociedade com mais profissionais – médicos, nutricionistas e psicólogos, por exemplo.

Enfermeiros e enfermeiras são indispensáveis em hospitais, porém similarmente são capazes de trabalhar em clínicas e realizar atendimento hospedar. Conheça a seguir as principais atividades de um enfermeiro, como está o mercado de trabalho e o que realizar para inscrever-se nessa trajetória!

As principais áreas de enfermeiro

O trabalho do enfermeiro tem como base o cuidado com as pessoas. O objetivo é garantir o conforto e o bem estar durante todo o tratamento. Entre suas funções, estão: cuidado com os pacientes, comunicação entre estes e os médicos, administração de medicamentos e realização de curativos.

A maioria dos enfermeiros trabalha em órgãos como hospitais, postos de saúde e clínicas. No entanto, também podem atuar em empresas e prestar atendimento na residência do paciente (principalmente idosos e pessoas com necessidades especiais), modalidade conhecida como “home care”.

Hospitais: Pode atuar na linha de frente, em contato direto com pacientes, seja para prestar os primeiros atendimentos ou acompanhar sua recuperação. Realiza exames preliminares, administra remédios já prescritos, cuida para que a pessoa esteja confortável e monitora seu quadro de saúde.

Também supervisiona equipes de técnicos e auxiliares de enfermagem, atualiza prontuários, previne infecções hospitalares, prepara para exames, separa instrumentos para cirurgias, etc.

aluno de enfermagem

Unidades de emergência: Também conhecidos como pronto atendimento, nesses estabelecimentos os enfermeiros atendem pacientes que necessitam de cuidados urgentes, como pessoas machucadas ou com dor. Também decide a prioridade de atendimento após analisar o estado de saúde de cada pessoa.

Centros cirúrgicos: No pré-operatório, são responsáveis por preparar o paciente para a cirurgia. Coletam materiais para realização de exames, cuidam da higiene e alimentação, administram remédios e atualizam o prontuário.

Durante o procedimento, controlam os sinais vitais do paciente e mantêm curativos limpos e secos. Já no pós-operatório, além de realizarem as tarefas anteriores, verificam o funcionamento de sondas e soros e medicam o paciente em caso de dor.

Obstetrícia: Enfermeiros obstetras cuidam das gestantes, do pré-natal ao pós-parto, em parceria com o médico. Também prestam atendimento às mães durante o período de amamentação.

Atendimento domiciliar (home care): Nessa situação o enfermeiro realiza a maioria das tarefas que teria em um hospital, só que na casa do paciente. Com isso, ajuda a evitar o prolongamento de uma internação hospitalar e a diminuir riscos de infecção.

Resgate: O enfermeiro que trabalha com resgate atua fora do hospital. Sua missão é socorrer vítimas de acidentes e desastres, por exemplo. Eles vão até o local em que se encontra o paciente e ali mesmo realizam os primeiros atendimentos.

Docência: O profissional de Enfermagem também pode dar aulas em empresas (saúde no trabalho, primeiros socorros, etc.) e em cursos técnicos. Para ensinar em faculdades, normalmente é necessário fazer mestrado.

Saúde coletiva: Trabalha com prevenção de doenças e na promoção da saúde em comunidades, por meio de trabalhos educativos.

O curso de Enfermagem

O curso de Enfermagem é um bacharelado de quatro anos, com a grade curricular aproximadamente toda formada por disciplinas de Ciências Biológicas, como Exame, Atendimento Pré-Hospitalar, Psicologia, Farmacologia, Saúde Coletiva, Parasitologia, Enfermagem Obstétrica e Saúde da Mulher, além de algumas matérias mais relacionadas às Ciências Humanas e Sociais, como Meneio, Psicologia e Sociologia.

Por meio do de acordo com ano, o principiante inicia a reparar pacientes. Nas licenciaturas, o currículo também olha disciplinas voltadas para a execução de treino, você poderá aguardar o segundo semestre do fies 2019 para poder concorrer uma vaga no curso. No fim do curso, a apresentação de um Trabalho de Entendimento de Curso ( TRABALHO ACADÊMICO ) é obrigatória, bem como o estágio.

O Sul e o Sueste do País concentram a maior porção de hospitais e centros de saúde. No entanto, são similarmente as regiões no qual há mais profissionais de Enfermagem se formando a cada ano. Para conseguir destaque no mercado é fundamental se individualizar.

As opções são várias! Conheça algumas:

• Audição em Enfermagem
• Enfermagem Cardiológica
• Enfermagem Dermatológica e Plástica
• Enfermagem do Trabalho
• Enfermagem Hospedar
• Enfermagem em Centro Cirúrgico
• Enfermagem em Afazeres Intensivos (UTI)
• Enfermagem Obstétrica
• Enfermagem Oncológica

Quanto à remuneração, o salário médio de um enfermeiro é de R$ 3.000, de acordo com o site de empregos Catho. Não obstante, com uma particularização o profissional pode passar a ter mais.

Para se ter uma ideia, quem se especializa em Enfermagem Oncológica pode passar a ter R$ 4.500, e um enfermeiro com MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS em Gestão, Audição e Acreditação dos Serviços de Saúde pode atingir o correio salarial de R$ 9.000. Além das especializações citadas acima, Saúde Pública e Neonatal similarmente são duas áreas bastante procuradas por hospitais.

Como se tornar um enfermeiro
Avalie este post!