Conheça o simulado do ENEM

Muito poucas pessoas têm a sorte de ter um quarto exclusivamente dedicado à leitura. Em vez disso, a maioria estuda em seu quarto, na sala de estar. No entanto, estar perto da cama ou espaços de recreação pode aumentar drasticamente as chances de se distrair. Sempre enfatizamos esse ponto, porque a importância de um espaço propício ao estudo fará diferença em seus resultados.

Nós vivemos em um mundo dinâmico. O que ontem trabalhou hoje não. Ser competitivo no mundo profissional não se baseia mais em ter uma carreira, um mestrado e se formar com honras. Somos muitos jovens que não encontram as ferramentas certas dentro da universidade. E isso nos perturba.

Como éramos pequenos, eles nos ensinaram que deveríamos ter educação superior para conseguir um bom emprego. Disseram-nos que todas as pessoas educadas eram devidas à universidade. Existe alguma outra maneira?

Confira as principais cidades do BRASIL

Hoje é possível ganhar a vida e ser um profissional reconhecido sem ter frequentado a universidade. Na verdade, muitos milionários como Steve Jobs, Bill Gates, Michael Dell ou Richard Branson abandonaram o ensino superior.

As empresas mais inovadoras do mercado, como o Google, não validam mais seu conhecimento com base em seus registros acadêmicos. Eles vão além. Na verdade, eles mostram que não ir para a faculdade não significa mais ser menos simulado do ENEM.

Eu sou um desses “rebeldes” que decidiram deixar a universidade. Graças a isso, pude aprender mais do que qualquer instituição de ensino poderia ter ensinado. Neste post, quero contar a você minha experiência desafiando o status quo e saindo da universidade e dando algumas dicas para que você possa seguir o mesmo caminho.

Eles nos ensinam dados teóricos que, na prática, são quase impossíveis de aplicar. E se o fizéssemos, haveria dez problemas e quinze caminhos diferentes a seguir. Eles não nos ensinam a ter versatilidade. É incrível o quão rápido tudo se move hoje. Infelizmente, as universidades não evoluem no mesmo ritmo.

Simulado ENEM deste ano

Na educação tradicional, nosso conhecimento é traduzido em uma equação muito simples: se podemos responder às perguntas, significa que “sabemos a lição”. Isso é perigosamente incompleto, pois não nos ensina a aplicar efetivamente o que aprendemos.

Para completar o processo de aprendizagem, é necessário trazer esse novo conhecimento para o mundo real. Transforme algo ao nosso redor, observe as conseqüências e descubra os desvios entre o planejado e o produzido. Esses desvios são transformados em um novo problema a ser resolvido, por isso a educação continua constantemente.


E hoje em dia, o principal problema da educação tradicional é a falta de projetos reais para aplicar o conhecimento. Falta-nos o feedback oferecido pelo mercado e os arranhões de queda tentando colocar algo em prática.

Aos 17 anos fiz minha primeira viagem ao exterior. Foi uma viagem de família para Cuba que transformou minha maneira de ver o mundo. Foi chocante ver como uma sociedade latino-americana como a minha vivia em condições tão diferentes. Tornou-se meu primeiro choque cultural importante.

Andar pelas ruas e não ver qualquer cartaz publicitário, ou ir à sorveteria e ver que havia apenas dois sabores de sorvete foram pequenas preocupações que me geraram conhecer outra cultura. Além disso, ao longo da viagem conheci pessoas incríveis de outros países (algo que vivenciei pela primeira vez).

Conheça o simulado do ENEM
Avalie este post!